Bem vindo ao PromoForum !

Primeira vez no aqui ? Cadastre-se e receba informações dos melhores preços em tempo real! Desde 2013, somos o primeiro portal colaborativo de descontos da internet brasileira. Aqui você conversa sobre lojas, encontra promoções, faz pedidos de menores preços e muito mais !

Importante !! Como avaliar uma loja no Reclame Aqui

Discussão em 'Sites Nacionais' iniciado por Daniel, 5/5/14.

  1. Daniel

    Daniel Administrador
    Moderador

    Mensagens:
    1,010
    Curtidas Recebidas:
    144
    Um assunto muito importante a ser debatido aqui é a importância e reputação do site Reclame Aqui e o papel que o mesmo exerce no comércio (principalmente o e-commerce) da internet Brasileira.

    Para quem não sabe, o Reclame Aqui é um site lançado em Fevereiro de 2000 que funciona como uma "Ouvidoria da Web". Lá são expostos problemas com lojas e os mesmos ficam lá com seus respectivos status para que pessoas consultem e principalmente para que as empresas se prontifiquem a resolver as pendencias com seus clientes.

    Antes de comprar em alguma loja que você nunca comprou, é muito importante passar no Reclame Aqui para verificar sobre as pendências da mesma e assim, tomar uma conclusão se deve ou não comprar na mesma.

    Algumas lições que aprendi ao longo do tempo nessas análises. Lembrando que todas partem de uma analogia pessoal sobre como avaliar uma loja:

    1. O nome do site é Reclame Aqui, logo, obviamente que só haverão reclamações.
      Não espere que você irá encontrar alguém abrindo um caso lá para elogiar a compra que fez numa determinada loja.
    2. Analise o perfil das reclamações.
      Apesar de vivermos do conceito de "o cliente sempre tem razão", é interessante que sejam analisadas dezenas de diferentes reclamações para que seja entendido algum tipo de padrão nos problemas da loja e como ela lida com eles.
      Por muitas vezes, me arrisquei comprando numa loja que tinha produtos com preços muito baixos, porém, o nível de reclamação dela nos forums e no reclame aqui era altíssimo, ou seja: Eu sabia o risco que estava correndo.
      Analisando o perfil das reclamações, percebi que pelo menos 90% das mesmas eram por causa do pós vendas da loja. Dessa forma, decidi começar a comprar apenas itens que a possibilidade de eu usar o pós vendas era muito baixa. Exemplo: As chances de eu precisar acionar a loja por um eletrônico defeituoso e ter problemas com o pós venda são muito maiores do que se eu comprar mídias Bluray ou DVDs.
      De qualquer forma, é importante saber o quanto você está disposto a arriscar. Entenda: Você que avalia o quanto vale seu dinheiro. Essa loja em questão que exemplifiquei, que não vou citar o nome, possui mais de 30 unidades espalhadas pelo Brasil e ainda assim era líder em reclamações. Obviamente o problema não era calote e sim uma péssima estruturação do setor responsável pelas trocas. Mesmo com tantas reclamações, depois de um tempo sempre havia solução para os casos.
      Diferente de arriscar dessa forma é você arriscar comprar em uma loja sem nenhuma fama que faz com que corra o risco de tomar um calote.
    3. Lojas grandes terão muitas reclamações.
      Considere uma loja A com 2000 em que 1000 delas deram problemas e considere uma outra loja B com 200.000 vendas em que teve 2000 problemas.
      A loja A, que tem 50% a menos reclamações que a loja B é muito mais "desconfiável", afinal, a loja A tem 50% de suas vendas com problemas enquanto a loja B possui apenas 2%. A loja B também tem a obrigação de ter 100% de seus pedidos entregues sem problemas, porém, é necessário considerar diversos aspectos relacionados as reclamações:
      1. Problemas dos correios/empresas de logística que, apesar de ser obrigação da loja resolver, pode ser que a própria tenha problemas burocráticos.
      2. Problemas de fábrica em produtos que precisam ser trocados e clientes abrem chamados no site antes mesmo de contactar a empresa
      3. Clientes que desconhecem seus direitos de consumidor e abrem chamados no site por motivos banais, fora dos 7 dias do direito de arrependimento, etc..
    4. E mais importante: Tenha bom senso
      Não existe loja perfeita, avalie as reclamações e principalmente o desfecho delas. No site do Reclame Aqui é possível consultar gráficos de satisfação e potencial de solução. Escolha lojas que resolveram os problemas do cliente de forma fácil e rápida.
     

Compartilhe esta Página